quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Inter de Candiota

A equipe de de futebol entre amigos do Inter de Candiota estreou na última segunda-feira em Candiota contra e equipe do combinado da JRP nos campo da Afucam e venceu de virada em um jogo emocionante pelo placar de 7 a 6. 


E equipe seguirá realizando jogos de futebol sete e onze entre amigos. Os dirigentes enfatizam o carater desportivo da equipe onde competir é o que menos importa. O melhor é praticar esporte entre amigos.


A equipe conta com o apoio da Cadesul e do blog Teclando o 7.



Aberto o período para matrículas nas escolas municipais

A Secretaria de Educação informa que estão abertas as matrículas para as escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental. O período para a efetivação do procedimento vai até dia 16 de dezembro.

Mais informações podem ser obtidas junto às instituições de ensino, ou na Secretaria de Educação pelo telefone (53) 32451232.

Inauguração do novo plenário da Câmara de vereadores de Candiota

É hoje a inauguração do novo plenário da Câmara de Vereadores de Candiota. As 20h.

Carvão Mineral - A ladainha continua a mesma

A busca de políticas públicas efetivas para o carvão mineral  foi motivo de mais uma reunião em Brasília, nesta terça-feira, 29. Em audiência marcada pelo deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar do Carvão Mineral, o presidente da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), Maurício Tolmasquim, recebeu as lideranças do setor. A reunião, realizada no Ministério de Minas e Energia, também contou com a presença do deputado federal, Ronaldo Benedet (SC), o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan e o presidente do Sindicato Extração de Carvão de Santa Catarina, Rui Hüsel.



Mas pelo jeito pouco se avançou e o discurso continua o mesmo.



As lideranças envolvidas no assunto trabalham agora para inclusão do carvão mineral no planejamento energético, ou seja, no Plano Decenal de Energia 2011-2020.

A desativação das usinas antigas foi outra preocupação detalhada no encontro.

Na oportunidade, Tolmasquim, afirmou que não é contra a inclusão do carvão mineral no planejamento energético e destaca a sua importância regionalmente. No entanto, comentou que novos estudos devem ser analisados tendo em vista a existência de acordos referentes às mudanças climáticas e, portanto, sugeriu continuidade nas negociações. Ele observou que existe o protocolo de Kyoto e também a Lei 12187/2009, que trata do compromisso de redução e emissão de CO2, quando foram estabelecidas metas até 2020, restando pequena margem para o setor da energia.

Zancan anunciou que novas tratativas serão efetivadas com intuito de que as reivindicações do setor sejam atendidas. Ele informou que serão agendadas novas reuniões com a Casa Civil e o grupo interministerial que também definiu a questão das emissões de CO2 em função das mudanças climáticas. O presidente da ABCM afirma que a expectativa para o próximo ano é sinalização positiva visando a reconversão e modernização dessas usinas não permitindo a desativação e a geração de desemprego. “É essencial permitir que a matriz energética utilize o carvão mineral, a exemplo dos outros países. O Brasil precisa participar e gerar essa oportunidade social, econômica e de garantia estratégica da geração de energia utilizando o carvão mineral do sul do país”, explica Zancan.

Afonso Hamm anuncia que a Frente Parlamentar do Carvão Mineral vai reforçar o encontro com a presidente Dilma Rousseff, já solicitado em setembro de 2011, quando esteve reunido com a presidente na Expointer, em Esteio, junto com o presidente do Sindicato dos Mineiros do RS, Oniro Camilo.

Secretaria de Educação divulga calendário de formaturas de 2011

Na última sexta-feira, dia 25, a Secretaria de Educação de Candiota divulgou o calendário de formatura das escolas municipais de Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

Abaixo, confira as datas, horário e local das cerimônias.

CALENDÁRIO DE FORMATURAS
EDUCAÇÃO INFANTIL

13/12 - Gente Inocente - 19h30 - CTG Batalha do Seival
14/12 - Santa Fé - 14h - Escola
14/12 - Neli Betemps - 19h - Escola
14/12 - Gente Feliz - 20h30 - PTG Combate do Seival
15/12 - Pingo de Gente - 19h - CTG Candeeiro do Pago
16/12 - Santa Izabel - 16h - Escola
16/12 - Gente Miúda - 20h - Sindicato dos Mineiros

ENSINO FUNDAMENTAL
29/12 - Neli Betemps - não definido
30/12 - Santa Izabel - não definido

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Tombamento histórico da área onde ocorreu a Proclamação da República

Foto: Felipe Valduga
O prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, esteve, no último sábado, dia 26, na localidade do Seival – interior do município. Na data, ele participou de uma conversa com o presidente do Núcleo de Pesquisa Histórica de Seival, Heitor Ferreira. O encontro teve como objetivo articular mecanismos para a efetivação do tombamento como patrimônio histórico da área onde, conforme estudos, ocorreu o ato de Proclamação da República Riograndense, em 11 de setembro de 1836, pelo coronel-comandante da 1ª Brigada de Cavalaria do Exército Liberal, Antonio de Souza Neto. 

A área em questão, segundo relata Ferreira, consiste em um trecho de dois hectares localizado na região de Seival, interior de Candiota - mais precisamente na margem esquerda do rio Jaguarão, pouco abaixo do Passo do Lajeado. "Aqui nasceu um país", comentou o pesquisador, ao apontar o local da proclamação durante o encontro. Ainda, conforme ele, o mesmo local serviu, anos depois - em 1983 -, como palco para uma das batalhas mais importantes da Revolução Federalista. "Foi a batalha dos pica-paus, do exército federalista, contra os maragatos", relatou.

Segundo Ferreira, o local já está demarcado e busca, agora, junto às esferas municipal, estadual e federal, o tombamento como patrimônio histórico. “É algo fundamental, de valorização histórica em nível nacional. Com isto, estaremos, também, divulgando esta riqueza histórica da nossa região”, avaliou.

O prefeito de Candiota informa que, a partir da solicitação, o executivo deve encaminhar, no próximo período, um projeto para o tombamento histórico da área ao legislativo municipal e, consequentemente, ao IPHAE (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado) e ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). “É um verdadeiro legado. Temos que tomar todas as providências para preservá-lo e garantir, às futuras gerações, o acesso a este marco”, argumentou. Folador destaca, ainda, que o processo de tombamento terá um significado importante no que diz respeito ao estímulo ao turismo no município – o que deve gerar desenvolvimento local com a criação de novos postos de trabalho.

1ª Mostra Municipal de Trabalhos reúne estudantes de Candiota

A Secretaria de Educação de Candiota realizou, no último sábado, dia 26, a 1ª Mostra Municipal de Trabalhos. A atividade ocorreu no Clube Recreativo, na vila Residencial.

O evento contou com a participação de todas as escolas municipais e um expressivo público que apreciou os trabalhos expostos, bem como as apresentações artísticas desenvolvidas na ocasião.

O objetivo, de acordo com o secretário João Roberto da Costa, foi proporcionar um espaço adequado para as escolas municipais realizarem a exposição de todos os trabalhos e projetos desenvolvidos pelos alunos durante o ano letivo. “Além disto, este encontro serve para a socialização de experiências e conhecimentos, ao mesmo tempo em que propicia a elevação da autoestima dos alunos envolvidos”, comentou.

O secretário salienta que, com o sucesso da atividade, alcançando todos os objetivos propostos e na busca de novos desafios, a Mostra de Trabalhos vai ser fixada como mais um evento anual da Secretaria de Educação, passando a constar no calendário escolar.

Municipal de Futebol de Campo

No domingo, dia 27, o Campeonato Municipal de Futebol de Campo teve disputada a sua quinta rodada. No bairro João Emílio, a AEJE (Associação Esportiva João Emílio) encarou a AMVO (Associação de Moradores da Vila Operária) e, na vila Residencial, o Candiota recebeu o Atlético.

No confronto entre AEJE e AMVO, a equipe da vila Operária venceu em veteranos (2 a 1), juvenis (2 x 1) e suplentes (3 x 0). Porém, na categoria principal, vitória da AEJE por 3 a 2.

Já na Residencial, o Candiota aproveitou o fato de jogar em casa e não deu chances para o Atlético. A equipe venceu os quatro jogos disputados. Em veteranos, 8 a 1. Nos juvenis, 7 x 1. E pelos suplentes e titulares, placar igual de 5 x 2.

Frente Parlamentar do Carvão Mineral terá encontro com presidente da EPE

Hoje, dia 29, representantes da Frente Parlamentar do Carvão Mineral estarão reunidos com o presidente da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), Maurício Tolmasquim. O encontro, marcado pelo deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é vice-presidente da Frente Parlamentar, será no final da manhã, em Brasília. A reunião também contará com a presença do presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan.

Conforme Hamm, a reunião é para discutir sobre a inclusão das usinas no Plano Decenal de Energia 2011-2020, que até o momento não foram contempladas no planejamento. A solicitação da audiência foi feita no final de outubro, após o deputado ter participado de reunião com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que sugeriu o encontro com Tolmasquim.

“Estamos trabalhando para garantir uma política efetiva para o carvão mineral, que é importante matriz energética, geradora de empregos e que promove o desenvolvimento do sul do país”, conclui Hamm.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Seminário Comunicação em Pauta

Encerra-se hoje, segunda-feira (28), em Bagé, a fase regional do "Seminário Comunicação em Pauta - o que já mudou e o que ainda precisa mudar". O encontro terá como palestrantes Everton Rodrigues, membro do Gabinete Digital do governador Tarso Genro, e Tatiane Pires, representante do BlogProgRS - grupo que reúne blogueiros e tuiteiros do Estado. O debate é aberto ao público e terá início às 18h30min no Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Bagé (Av. General Osório, 998).

Organizados pela Diretoria de Políticas Públicas da Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital (Secom), foram realizados encontros nas cidades de Santa Maria, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, São Lourenço do Sul, Osório, Porto Alegre, Passo Fundo e Caxias do Sul, com a presença de especialistas em comunicação e participação de representantes de órgãos de governo e das mídias locais, além de professores e estudantes da área de comunicação.

Temas como o marco regulatório das comunicações, convergência tecnológica, fortalecimento do sistema público de comunicação, marco civil da internet, respeito à diversidade nos meios de comunicação, participação social, regionalização dos conteúdos televisivos e políticas de inclusão digital foram debatidos nas nove regiões de planejamento em que o Rio Grande do Sul está dividido e serão pautados ainda na edição estadual do Seminário Comunicação em Pauta, programada para os dias 8 e 9 de dezembro em Porto Alegre.

Solidariedade: 2F- fonte de felicidade

Qualidade de vida, como concepção de bem viver, sempre foi um tema que me atraiu, tanto pelo que já escrevi depois dos 40, quanto pelos bate-papos com amigos e parentes, onde expresso aos mais jovens a experiência de quem vivi ativamente o presente, mirando o futuro.

Por oportuno salientar, minha geração foi educada e viveu cultuando a busca permanente da riqueza financeira e material. Isto é, o dinheiro e nada mais.

Entretanto, hoje, acredito que a vida existe para ser apreciada e que a coisa mais importante é se sentir bem sobre si mesmo.

E afinal, dinheiro traz ou não felicidade? O empresário austríaco Karl Rabeder, de 48 anos, era milionário, mas infeliz. Ele ficou famoso no ano passado quando decidiu se desfazer de sua mansão, casa de férias, carros, avião e a empresa de decoração que ajudou a fazer fortunas.

Rabeder, que veio de uma família pobre em que a regra era trabalhar muito para conseguir coisas materiais, confessou que durante muito tempo acreditou que mais riqueza automaticamente trazia mais felicidade.

Entretanto ele sentiu que todos a sua volta estavam atuando, sendo amigáveis apenas pelo dinheiro. Rabeder também começou a se sentir culpado quando visitou países na África e na América do Sul, em que pessoas não tinham nem uma mínima parcela de sua riqueza material. Foi aí que decidiu largar seu estilo consumista pelo resto da vida. Ele criou uma organização chamada MyMicroCredit que ajuda pessoas em países subdesenvolvidos, transferindo todo o dinheiro de seus contas para ela.

Karl Rabeder morava em uma casa de 321 m2, mas agora se mudou para um chalé de 19 metros quadrados (foto acima), e vive com menos de R$ 2,5 mil reais por mês. Hoje, ele dá seminários sobre temas como “a felicidade pode ser aprendida” ou “dinheiro suficiente para ser feliz” para as pessoas dispostas a ouvir seus argumentos, e até publicou um livro chamado “Aqueles que não tem nada pode dar tudo”.

Rabeder, hoje, diz que se sente bem com uma carreira que é divertida e boa para ele, e continua doando todos os excessos de dinheiro para a sua organização MyMicroCredit.

Eu aprecio particularmente aqueles que não são primariamente focados em questões financeiras e bens materiais, e quanto vejo exemplos como os de Rabeder, e tantos outros, mais e mais me convencem que a felicidade passa pela pratica da SOLIDARIEDADE, por mais simples que pareça, como ajudar um portador de necessidades básicas a atravessar uma rua e dar um brinquedinho para uma criança.

II Fórum Regional Eletrobras CGTEE e Comunidade

A Eletrobras CGTEE promove na próxima terça-feira (29.11) o II Fórum Regional Eletrobras CGTEE e Comunidade - Desenvolvimento com Sustentabilidade. O evento será no CTG Batalha do Seival, em Candiota, das 17h30min às 20h. Na oportunidade, serão tratados temas como prestação de contas das ações da Companhia referentes ao Meio Ambiente; Projetos de Responsabilidade Social; Ouvidoria e edital de patrocínios da Eletrobras CGTEE.


A atividade é aberta à comunidade. Em maio deste ano foi realizada a primeira edição do Fórum.

domingo, 27 de novembro de 2011

Breve histórico da nossa Candiota - Ano 1890

Unidos do Brasil, constituído pelo Exercito e Armada, em nome da Nação, através do cidadão Francisco Glicerio, Ministro e Secretario de Estado dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Publicas, atendendo ao requerimento de D. Elmira Reverbel de Lima, viúva do brigadeiro Manoel Lucas de Lima, resolve conceder-lhe permissão para lavrar carvão de pedra e outros minerais em terrenos de sua propriedade situados nas margens do arroio Candiota, no município de Bagé, Estado do Rio Grande do Sul,

Ainda do mesmo Decreto se extrai:
“A sujeitar-se e a cumprir as instrucções e regulamentos para policia das minas existentes ou que forem expedidos.

A indemnizar o damno e prejuizos causados pelos trabalhos da lavra, provenientes de culpa ou inobservancia no plano approvado pelo Governo.
A remetter á mesma secretaria amostras de quaesquer outros mineraes differentes dos da sua concessão e os fosseis que forem encontrados nas excavações.

A pagar a taxa annual de 5 réis por braça quadrada (4m,84) do terreno mineral e o imposto de 2 % do rendimento liquido da mina, na conformidade do § 1º do art. 23 da lei n. 1507 de 26 de setembro de 1867.
Si não forem começados os trabalhos preparatorios para a mineração dentro do prazo de dous annos, depois de medidos e demarcados os terrenos mineraes concedidos;

Fonte: Coleção de Leis do Brasil - 1890 , Página 362 Vol. 1 fasc III

sábado, 26 de novembro de 2011

10 Nostalgias de um Internauta Brasileiro

Não poderia deixar de compartilhar com amigos internautas de Candiota e região. Eu vivi muito deste tempo. Clique na imagem para ampliar.




Bom humor: afinal hoje é sábado

Lei da Atração – Descoberta Científica Incrível!

O famoso físico Isaac Newton descobriu a lei da Gravitação Universal, em que os corpos se atraem. Agora os picareta usam as Leis da Atração para venderem o bla, bla, bla deles. Mas, por incrível que possa parecer, cientistas sérios demonstram que é verdade: algumas coisas se atraem com a maior facilidade. Veja já a lista de casos comprovados:

Dor de barriga e final de rolo de papel higiênico.
Chuva e carro trancado com a chave dentro.
Tampa de creme dental e ralo de pia.
Café preto e toalha branca na mesa.
Dezembro na Globo e Roberto Carlos.
Leite fervendo e fogão limpinho.
Camisa branca e molho de tomate.
Tornozelo e pedal de bicicleta.
Político e dinheiro público.
Sextas-feiras e Cerveja!!!!.
Chifre e dupla sertaneja.
Tampa de caneta e orelha.
Carro de bêbado e poste.
Bebedeira e mulher feia.
Pobre e Baile Funk.
Mulher e vitrines.
Homem e cerveja.
PT e PSDB em Candiota.

O único caso de Lei de Anti-Atração registrado foi...
Diretório do PT e Taylor Lima
Se é lei, é lei. Tem que respeitar.

Municipal de futebol de campo

Neste domingo, dia 27, acontece mais uma rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo de Candiota. Na data, acontecem jogos, pela manhã e à tarde, no campo da Associação Esportiva João Emílio (AEJE) e do estádio do Grêmio Candiota.

Jogando em casa, a AEJE recebe a AMVO (Associação de Moradores da Vila Operária). Por sua vez, o Candiota recepciona o Atlético. Em ambos os confrontos, serão disputados jogos nas categorias Juvenil, Veterano, Suplente e Titular.

Secretaria de Saúde desenvolve projeto de antitabagismo

Desde o início de novembro, a Prefeitura de Candiota, através da Secretaria de Saúde, desenvolve um projeto de antitabagismo. Desenvolvido pelos profissionais do ESF João Emílio, a iniciativa possibilita acompanhamento médico e distribuição de medicamentos.

Como relata o secretário Ancelmo Camillo, a ação promove encontros quinzenais no posto de Saúde da Vila Operária. “Neste primeiro grupo, 32 pessoas são atendidas. Nossa proposta busca propiciar um incentivo para que fumantes deixem o vício e garantam a melhoria de sua saúde”, comentou.

O enfermeiro Dagimar Posser Pozza, coordenador do ESF João Emílio, explica que este primeiro grupo deve seguir recebendo o tratamento até o final de janeiro de 2012. “Após encerrarmos esta etapa, a intenção é abrirmos novas vagas e ampliar o atendimento”, citou. Ele lembra que o próximo encontro está agendado para o dia 1º de dezembro, às 14h, no Clube de Mães da Vila Operária – local dos encontros do respectivo grupo.

O secretário de Saúde acrescenta, ainda, que os custos para a aquisição dos medicamentos do projeto são viabilizados com verbas do município. “Porém, já encaminhamos a documentação para a Coordenadoria Regional de Saúde (7ª CRS) para cadastrar a iniciativa com o objetivo de formar novos grupos com recursos da União e do Estado”, informa, ao salientar que a meta é realizar os encontros em outros pontos da cidade.

Equipe de governo avalia ações desenvolvidas pela Prefeitura de Candiota

Na sexta-feira, dia 25, o grupo que compõem a estrutura administrativa da Prefeitura de Candiota promoveu uma reunião de avaliação das ações desenvolvidas pela atual gestão. No encontro, o prefeito Luiz Carlos Folador, acompanhado pelo vice, Paulo Brum, ouviu, de cada secretário, os principais projetos executados, e sua atual situação, bem como iniciativas implementadas.

Participaram do ato, o secretário de Saúde, Ancelmo Camillo, de Meio Ambiente, Aroldo Quintana, de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Gil Deison Pereira, de Agropecuária e Agricultura Familiar, Fabiano Oswald, de Educação, João Roberto da Costa, de Obras e Serviços Públicos, Artêmio Parcianello, e de Administração e Finanças, José Carlos Granato, além da procuradora jurídica do município, Luciane da Cruz. A secretária de Ação Social, Trabalho e Renda, Hilda Rejane Bom, por estar em viagem a Porto Alegre, não esteve presente.

Como argumenta o prefeito, o encontro é fundamental para que a Administração possa identificar pontos positivos, e implementa-los, bem como áreas em que melhorias ainda sejam necessárias. “Trabalhamos de forma incessante para qualificar as condições de vida da nossa população. Uma reunião, como esta de hoje, nos auxilia a refletir no que ainda pode ser melhorado para que alcancemos este objetivo”, argumentou Folador.

Por sua vez, o vice-prefeito avaliou os atuais objetivos alcançados como positivos. “São muitas as ações que conseguimos executar nestes quase três anos de gestão. Claro, ainda temos trabalho pela frente, mas acredito que estamos em um caminho certo para tornarmos Candiota uma cidade melhor”, ressaltou Brum.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Frases da Semana

“A implantação do SAMU, a reforma dos postos de saúde, bem como a construção de novas unidades, e os investimentos executados no pronto atendimento e na aquisição de medicamentos para a farmácia básica foram essenciais para melhorias na qualidade do sistema”
Luiz Carlos Folador, prefeito de Candiota, na audiência pública da saúde, no último dia 22.


“Vc sabia que o índice de crianças menores de 5 anos e peso baixo é grande? Isso é pontual e grave.”
Sérgio Brito, dirigente partidário do PMDB, em comentário no TC7, sobre a audiência pública.


“Nós realizamos audiência pública para discutir com transparência as questões da saúde do município. Não temos a  intenção e nem estamos aqui para blindar o secretario de saúde ou o prefeito”
Valmir Cougo, vereador do PT, proponente da audiência pública da saúde.


“Nós vereadores da base levamos as questões de saúde diretamente para o secretario Anselmo, para o Deivid do Hospital ou para o Prefeito. Nós lavamos roupa suja em casa, aqui não é o local.”
Giselma Pereira, vereador do PT, na audiência pública da saúde.


“A verdade se corrompe tanto com a mentira como com o silêncio.”
Marco Túlio Cícero,106-43 A.c, citado esta semana pela presidente Dilma Rousseff

E os emergentes pagam a conta

Em discurso no parlamento alemão, a chanceler Angela Merkel anunciou que países como Brasil, Índia e China terão de aceitar cortes obrigatórios em suas emissões de CO2 se quiserem ter um acordo internacional sobre o clima.


A informação é do jornal O Estado de S. Paulo, 24-11-2011.


Negociadores vão se reunir na COP-17 na próxima segunda-feira, em Durban, na África do Sul, para definir o futuro do Protocolo de Kyoto.


Países ricos, que já enfrentam uma crise econômica, não querem ser obrigados a fazer reduções emissões que exijam altos investimentos.


Já China, Brasil e Índia alegam que não seria justo pedir que façam os mesmos esforços de países que se industrializaram há mais de cem anos e são os principais responsáveis pela poluição. Eles não querem metas obrigatórias de corte de emissões.


Merkel, porém, alerta que não aceitará mais esse argumento. "As emissões mundiais de CO2 estão nos mais altos níveis já registrados", disse. "O Protocolo de Kyoto vai acabar e, por enquanto, não vamos conseguir uma solução em Durban."


Ela culpa os emergentes pelo futuro fracasso em Durban. "Estamos nos transformando em um mundo em que economias cada vez mais importantes não estão contribuindo de forma apropriada para um meio ambiente sustentável", completou.

Campanha de vacinação de cães e gatos em Candiota

A parceria entre a Prefeitura de Candiota e a Universidade da Região da Campanha (Urcamp) para a vacinação de cães e gatos no município tem nova edição prevista para a próxima terça-feira, dia 29.

Conforme o secretário de saúde, Ancelmo Camillo, na data em questão, equipes de formandos em Medicina Veterinária da Universidade estarão na cidade aplicando vacinas de anticoncepcionais e antiparasitários.

“Esta é a terceira vez que realizamos esta parceria. Na última campanha, em maio deste ano, mais de 800 animais foram vacinados”, informou o secretário. Os trabalhos, por parte da prefeitura, são gestionados pela Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária.

Os atendimentos serão realizados junto às praças dos bairros Dario Lassance, Residencial, Operária, no Centro de Eventos de Seival e na Associação de Moradores da João Emílio (AMJE). Os serviços serão executados nos cinco locais, das 9h30 às 12h e das 13h às 17h.

1º Jogos Noturnos das Escolas de Candiota

A Secretaria de Educação de Candiota convida a comunidade para prestigiar 1º Jogos do Noturno das Escolas de Candiota. O evento acontece na próxima segunda-feira, dia 28, a partir das 19h, no Ginásio Domingão, na Vila Operária.

Como detalha o secretário João Roberto da Costa, a atividade consiste em uma competição de futsal, nas modalidades masculino e feminino, e destina-se aos alunos que integram o período letivo noturno nas escolas 8 de Agosto, Neli Betemps, FARO e Jerônimo Mércio Silveira. “Não tínhamos um evento esportivo específico que contempla-se os estudantes da noite. Agora, vamos realizar esta primeira edição com o intuito, para no ano que vem, incluí-la no calendário letivo”, adiantou.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Concurso Emater/RS-Ascar

Estão abertas, desde terça-feira (22/11) até o dia 15 de dezembro, as inscrições para o Processo Seletivo 2011 da Emtar/RS-Ascar. A seleção destina-se à formação de cadastro reserva para 41 cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior, com salários de R$ 1.135,09 a R$ 2.831,58. “Esse Processo Seletivo será regionalizado e esperamos a participação de, aproximadamente, 30 mil pessoas”, avalia o gerente de Recursos Humanos, Décio Cotrin.

As inscrições podem ser realizadas via internet, na página da Objetivas Concursos (www.objetivas.com.br) até ás 23h59min do dia 15 de dezembro. O valor é de R$ 65,00 para os cargos de nível superior e de R$ 35,00 para os cargos de nível fundamental, médio e técnico. O pagamento deverá ser efetuado com o boleto bancário impresso em qualquer agência bancária até o dia seguinte ao término das inscrições (16/11).

A prova escrita, para todos os cargos será aplicada em 15 de janeiro de 2012, em Porto Alegre, em local e horário a serem divulgados depois da homologação das inscrições, em 30 de dezembro. O edital completo e demais informações relativas às etapas do processo seletivo estão disponíveis nos sites da Objetivas Concursos e da Emater/RS-Ascar (www.emater.tche.br).

Para todos os cargos, o processo seletivo constará de primeira etapa, prova escrita de caráter eliminatório/classificatório, com questões objetivas, de múltipla escolha, compatíveis com o nível de escolaridade, com a formação acadêmica exigida e com as atribuições dos cargos. A segunda etapa consiste de avaliação psicológica, de caráter eliminatório. Serão considerados aprovados em primeira etapa e habilitados à etapa seguinte os candidatos que obtiverem 50% ou mais na nota final da prova escrita.

As possíveis vagas estão distribuídas na classificação de: Regionalizado (vagas abertas em uma das regiões administrativas da entidade); Qualquer Unidade de Classificação (em qualquer município do Estado); Porto Alegre – Escritório Central. As eventuais vagas Regionalizado e Qualquer Unidade de Classificação não estão vinculadas a nenhum município específico dentro do âmbito do escritório regional. O candidato deverá estar ciente de que a contratação poderá se dar em qualquer das cidades componentes da Regional escolhida no ato da inscrição ou de outras regionais da Ascar, caso opte pela listagem estadual, de acordo com as necessidades da Instituição.

Cargos e funções 

Nível Fundamental: Motorista

Nível Médio e Técnico: extensionista rural de Nível Médio em Agropecuária; Classificador; Social; Assistente Administrativo I; Assistente Administrativo I – Contabilidade; técnico em Enfermagem do Trabalho; Informática; Segurança do Trabalho

Nível Superior: técnico científico Analista de Sistemas; Biblioteconomia; Desenvolvimento Agroindústrial; Engenheiro de Segurança de Trabalho; Jornalista; Médico do Trabalho; Relações Públicas; extensionista rural Nível Superior Engenheiro Agrônomo; Engenheiro Agrícola/Ambiental/Florestal; Médico Veterinário; extensionista rural social em Administração; Biologia; Ciências Contábeis; Ciências Jurídicas e Sociais; Ciências Sociais ou Sociologia; Economia; Farmácia; Nutrição; Pedagogia; Psicologia; Turismo; tecnólogo em Administração Rural; Agricultura Familiar e Sustentabilidade; Alimentos; Desenvolvimento Rural; Gestão Agroindustrial; Gestão Ambiental; Agroindústria; Fruticultura; Horticultura; Recursos Pesqueiros

Festa do Cordeiro Assado na Expofeira de Pedras Altas

Com o começo da 5ª Expofeira de Pedras Altas se aproximando, dia 25 de novembro até 28 no Parque de Eventos da cidade, a expectativa aumenta em torno da novidade que a Feira traz esse ano, a 1ª Festa do Cordeiro Assado, no dia 27 a partir das 11h30min, promete encantar os seus visitantes, além das tradicionais atrações, como remates, provas campeiras com premiações, exposição e jantares.

O convite dá direito a carne de cordeiro assada, salada e arroz à vontade, o valor é de R$ 20, e os ingressos podem ser adquiridos na AT Remates, em Bagé, ou no Sindicato Rural de Pedras Altas. Crianças menores de 12 anos pagam menos.

O prefeito do município, Gabriel Lelis, afirma que o público vai poder provar e constatar a diferença do sabor do cordeiro criado na região.

- As pessoas vão poder conhecer e saborear a carne dos cordeiros criados nas pastagens da região.

A 5ª Expofeira tem entrada gratuita.

Para mais informações basta acessar o blog do evento em www.expopedrasaltas.blogspot.com

Audiência sobre sistema de saúde de Candiota

Na terça-feira, dia 22, o Sindicato dos Mineiros de Candiota foi palco de audiência pública sobre o sistema de saúde do município. Proposta pelo vereador Valmir Cougo, o ato contou com a presença de membros do executivo, legislativo e comunidade.

Como salientou o vereador proponente, o principal foco do ato foi possibilitar, à população, o esclarecimento de dúvidas sobre o funcionamento da rede municipal de saúde. “Este espaço, também, é para quem tiver sugestões de melhorias se pronunciar de forma direta com os responsáveis pelo serviço”, citou Cougo.

Presente no ato, o prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, aproveitou para citar algumas conquistas do município no que diz respeito aos serviços prestados no setor. Ele apontou a implantação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a reforma dos postos de saúde, bem como a construção de novas unidades, e os investimentos executados no Pronto Atendimento e na aquisição de medicamentos para a Farmácia Básica como essenciais para melhorias na qualidade do sistema.

Para o morador do município, Sérgio Brito, no geral, a rede de saúde de Candiota é de qualidade. “Existem problemas sim, mas eles são pontuais”, resumiu.

Pelo executivo municipal, além do prefeito, responderam aos questionamentos, também, o secretário de Saúde Ancelmo Camillo, a coordenador do Estratégia da Saúde da Família (ESF), Ariádne da Costa, a coordenadora da Farmácia Básica, Caterine Oliveira, e o coordenador do Pronto Atendimento, Deivid Blank.

Projetos buscam o controle de zoonoses e da população de cães em gatos

A Prefeitura de Candiota deve encaminhar, nos próximos dias, dois projetos de lei visando a implantação das primeiras políticas públicas de controle das populações de cães e gatos do município, bem como para a prevenção da transmissão de zoonoses provenientes desses animais. A iniciativa das referidas legislações são de autoria da vereadora Giselma Pereira, que encaminhou os anteprojetos ao executivo anteriormente.

Na quarta-feira, dia 23, o prefeito Luiz Carlos Folador, e os secretários Aroldo Quintana (Meio Ambiente) e Ancelmo Camillo (Saúde) comunicaram a legisladora sobre o andamento do processo para a transformação dos anteprojetos em projetos. O ato foi acompanhado pela advogada do executivo Gilce Maria de Avila Honnicke.

Ambos os projetos de leis, assim que finalizados, serão encaminhados para a Câmara de Vereadores para aprovação.

As propostas 

Um dos projetos propõe a alteração da lei complementar 018/2005, que trata sobre o Código de Posturas – no qual não constava cães e gatos em sua normativa. “Com isto, passará a ser necessária uma regulamentação específica para o controle desses animais”, relatou a vereadora.

A regulamentação em questão consiste no segundo projeto. “Este outro projeto prevê uma série de medidas preventivas para o controle das populações de cães e gatos”, comentou Giselma, ao salientar que “esse passo somente foi possível através de um estudo desenvolvido em conjunto com a Associação Candiotense de Proteção Animal São Francisco de Assis (ACPASFA)”. Ela ressalta que, agora, com o encaminhamento dos projetos ao legislativo “confirma-se o interesse do poder público na real intenção de concretização destas políticas”.

A gestão e fiscalização das medidas propostas no projeto que cria a nova regulamentação serão de responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente – na questão do controle do número de animais existentes – e da Secretaria de Saúde – na prevenção da transmissão de zoonoses.

Conforme o secretário de Meio Ambiente, Aroldo Quintana, o município possui uma crescente no número de cães e gatos de rua. “Precisamos controlar isto, e possibilitarmos mecanismos para que a população possa, por exemplo, optar pela esterilização de seus animais – o que contribuirá, e muito, neste processo”, avaliou. Ele informa, também, que o projeto prevê a criação de um cadastro de animais atendidos – serviço que deve ficar sob responsabilidade da ACPASFA.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Secretaria de Educação prepara 1ª Mostra Municipal de Trabalhos

A Prefeitura de Candiota, por meio da Secretaria de Educação, realiza no próximo sábado, dia 26, a 1ª Mostra Municipal de Trabalhos. A atividade acontece a partir das 13h30, no Clube Recreativo, na Vila Residencial.

O evento tem como objetivo proporcionar um espaço adequado para as escolas municipais realizarem a exposição de todos os trabalhos e projetos desenvolvidos pelos alunos durante o ano letivo e 2011. Ainda, a proposta busca contribuir com a socialização de experiências e conhecimentos.

Além da mostra de trabalhos, as escolas promoverão apresentações artísticas através de seus alunos.

Encaminhado projeto para aumento do vale-refeição dos servidores

A Prefeitura de Candiota encaminhou, na segunda-feira, dia 21, o projeto de lei nº 094 à Câmara de Vereadores. A proposta, oriunda de anteprojeto do vereador Celso Santos, busca viabilizar um aumento de 100% no valor do vale-refeição pago aos servidores municipais no mês de dezembro.

Entre os meses de janeiro e novembro de 2011, o valor do benefício pago ao funcionalismo foi de R$ 12,00 ao dia trabalhado. O projeto de lei, que teve pedido de apreciação em regime de urgência solicitado, busca elevar este valor do dia para R$ 24,00 no último mês do ano.

Como detalha o secretário de Administração e Finanças, José Carlos Granato, a proposta, se aprovada, será permanente. Ou seja, valerá também para os meses de dezembro dos anos seguintes. “Ela consiste em uma espécie de 13º salário do vale”, esclareceu o secretário.

Crise expõe coalizão de fachada

O jornal Estado de S. Paulo, por João Bosco Rabello, traz importante artigo que discorre sobre coalizão de governo de interesses sem qualquer programa mínimo que una os partidos políticos, que mais se traduzem por blocos fisiológicos sem outro objetivo além de cargos que sirvam a negociatas de todo o tipo. O texto não retrata necessariamente a opinião desse Blog, mas em época de tratativas de alianças para as eleições municipais do próximo ano, no mínimo, serve para uma boa reflexão. Segue na íntegra:

“É a crise do Ministério do Trabalho, dentre todas que a antecederam, que melhor expõe o quão fictício é o chamado governo de coalizão montado em torno de partidos políticos que mais se traduzem por blocos fisiológicos sem outro objetivo além de cargos que sirvam a negociatas de todo o tipo.
Trata-se de uma coalizão de interesses sem qualquer programa mínimo que una os partidos em torno de seus próprios ministros, como se observa agora com a bola da vez, Carlos Lupi, do PDT. Uma ala não desprezível de seu partido simplesmente pediu uma CPI para investigar os desvios na pasta, algo que a desorientada oposição não cogitou sequer como um mero gesto formal de sua intrínseca obrigação.

O deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) considera que o governo conduz a crise no Trabalho, como as demais, como se aos partidos coubesse a decisão de manter ou demitir ministros. Faria sentido num sistema parlamentarista ou se a coalizão atual estivesse amalgamada por um programa comum de governo.

Como não há uma coisa nem outra, no sistema presidencialista presente cabe exclusivamente à presidente decidir sobre a permanência de um ministro no cargo.

O que a presidente Dilma Rousseff até agora se recusa a fazer em relação a Lupi, apesar dos desvios verificados na pasta que dirige, teoricamente preocupada em perder o apoio do partido na votação da prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU), que permite ao governo o livre uso de 20% do orçamento.

É mais uma das muitas explicações para a condução diferenciada dada a Lupi em relação aos que já caíram abatidos pelo mesmo enredo do titular do Trabalho. Nenhuma dessas explicações, no entanto, convence. Principalmente a DRU, já aprovada uma vez com apenas 44 votos contrários, confirmando a extensão inédita de uma base sem precedentes, que sobra ao governo.”

(grifos nossos)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Municipal de Futebol de Campo

No último domingo, dia 20, foi disputada a quarta rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo de Candiota. Na oportunidade, Atlético e AEJE se enfrentaram, na Vila Residencial, e o Santa Rosa recebeu o Grêmio Candiota, na Vila Operária.

A AEJE não deu chances para o Atlético. Venceu nos veteranos (1 x 0), juvenis (3 x 2) e em titulares (5 x 3). Na categoria suplente, empate em 0 a 0.

O Grêmio Candiota, por sua vez, também fez bonito. Goleou nas três partidas disputadas. Nos veteranos, por 3 a 0, nos suplentes, por 6 a 1, e em titulares, por 3 a 0.

Os jogos referentes à quinta rodada da competição serão divulgados na próxima sexta-feira, dia 25.

Sinergia entre energias renováveis e fósseis

O Estadão publicou na semana passada (16) importante artigo sobre a matriz energética brasileira. Da locomotiva do Brasil, Estado que não produz um grama de carvão mineral, vem importante enfoque sobre as emissões de gases de efeito estufa, priorizando a óptica da defesa do interesse do consumidor final de energia elétrica e, por conseguinte, defendendo a construção de termoelétricas com uso do carvão. Segue na íntegra:

“ Como todo ser humano, temos uma característica impeditiva à conciliação ao colocarmos em oposição forças que podem interagir em nosso favor. Isso ocorre quando antepomos o preto ao branco - eliminando as miríades de possibilidades de cinza; o alto ao baixo, esquecendo os múltiplos níveis existentes entre um e outro; e sucessivamente.

No caso da produção de energia elétrica no Brasil, país que tem fartura de recursos renováveis competitivos (hidrelétricas, biomassa, eólica e, em futuro próximo, solar), caberia contestar afirmativas verbalizadas com alguma constância sobre ser sensato "sujar" a matriz elétrica brasileira construindo termoelétricas a combustíveis fósseis.

Aqueles que assim procedem se esquecem deliberadamente das características inerentes à geração térmica que compensam lacunas existentes na geração hidrelétrica, de forma geral, e, em particular no nosso país, em razão da construção de usinas a fio d'água, que tornam o "mix" de geração - somando as características dessas fontes - numa composição hidrotérmica que beneficia o consumidor final de energia elétrica.

Num determinado nível de confiabilidade, há uma proporção ótima de hidro e térmica, e a participação das térmicas no total da capacidade instalada do País aumenta à medida que cresce o nível de confiabilidade. A expansão do mínimo custo global, para um determinado padrão de confiabilidade, é um "mix" de geração hidrelétrica e térmica devido aos ganhos sinérgicos entre os dois tipos de geração: as termoelétricas contribuem com a "confiabilidade" nos períodos secos e as hidrelétricas contribuem com a "geração média barata" nas demais situações hidrológicas.

Outro atributo das térmicas é a sua maior facilidade em ser despachada. Em eventos como um aumento repentino na demanda de ponta, numa situação de restrição do uso de hidrelétricas por causa da escassez de água, as termoelétricas podem ser acionadas imediatamente. Esses acionamentos não poderiam ser realizados pelas usinas eólicas, a biomassa ou hidrelétricas a fio d'água, pois elas não são despacháveis on demand.

A principal desvantagem da expansão da participação térmica na nossa matriz elétrica é que esta tende a aumentar as emissões de gases de efeito estufa de 14 MtCO2/ano, em 2011, para 40 MtCO2/ano, em 2020. Contudo, se feita a sinergia hidrotérmica, a emissão de CO2 do setor será bem menor do que se imagina, e nunca será comparada às emissões derivadas dos desmatamentos que ocorrem em todas as regiões do País.

Para que a inserção térmica seja eficiente no Brasil, é preciso compatibilizar e aperfeiçoar os procedimentos de planejamento e operação, os procedimentos de segurança de suprimento; melhorar os sinais locacionais da transmissão; contornar incertezas nos custos e no fornecimento de combustível; como também reconhecer o benefício operativo de geração, considerando as usinas nucleares, a biomassa e as eólicas.

As termoelétricas com uso de carvão mineral, como as nucleares, precisam recuperar o tempo perdido. Essas usinas têm a grande vantagem de operar na base da curva de carga do sistema elétrico, assim como as hidrelétricas, constituindo-se na segurança para o nosso desenvolvimento.

A eficiência no setor elétrico brasileiro com características hidrotérmicas somente será alcançada por meio de instituições sólidas, que atuem em ambiente regulatório estável e que não sofram demasiada ingerência política.

Os novos procedimentos de operação e comercialização de energia elétrica no sistema interligado devem ser elaborados buscando um consenso que atenda aos interesses do consumidor final, de modicidade tarifária com serviço de qualidade; dos agentes setoriais públicos e privados, de remuneração justa; e do governo federal, de garantir o suprimento energético.”

 (grifo nosso)

Legislativo Candiotense realiza Audiência Pública sobre Saúde

Atendendo a uma solicitação do vereador petista Valmir Cougo, o Poder Legislativo de Candiota realizará no próximo dia 22 de novembro, tendo como local o Sindicato dos Mineiros de Candiota, na Sede do Município, a partir das 14h, uma Audiência Pública para tratar o tema Saúde em Candiota.

Em sua solicitação, Cougo também pediu que para a referida audiência sejam convidados o Prefeito de Candiota, senhor Luiz Carlos Folador, o Secretário de Saúde, Ancelmo Camilo e também o Secretário de Finanças José Carlos Granato, bem como os funcionários responsáveis pelos departamentos da Secretaria de Saúde.

O Vereador justifica seu encaminhamento dizendo que a reivindicação tem por objetivo chamar a comunidade usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) a debater com gestores da Saúde e com o Poder Legislativo todos os assuntos ligados a esta importante àrea.

Professora representa Candiota em Seminário Nacional de Aprendizagem


A professora da Rede Municipal de Candiota, Lia Beatriz Muller Beck, participou recentemente do V Seminário de Estudos em Educação e Linguagem, promovido Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL/UFPE) da Universidade Federal de Pernambuco.

O evento, conforme Lia tem a finalidade de discutir a formação continuada de professores, com ênfase na alfabetização e ensino da Língua Portuguesa. Apresentar as conquistas alcançadas com os trabalhos de formação continuada de professores e alunos, além de promover o debate em torno de questões como alfabetização e letramento, o livro didático de língua portuguesa e a relação entre língua e identidade.

Lia Beck explica que para chegar até lá, desenvolveu um projeto com seus alunos do 3º ano do Ensino Fundamental da Escola Neli Betemps, que teve como título “As Influências da Tecnologia na Aprendizagem”, e usou como base para seu trabalho os netbooks do Programa UCA (Um Computador por Aluno).

Nesse trabalho seus alunos usam constantemente os net, onde cada tema proposto em sala de aula, após algumas explicações, os alunos partem para o uso da tecnologia, ou seja, aprofundam mais seus conhecimentos através da Internet.

A professora destaca que junto com seus alunos também aprende muito, pois a cada dia que passa, seus pequenos, como ela carinhosamente os chama, a surpreendem ainda mais, com suas pesquisas e descobertas, sobre os temas propostos.

Também foi criado um blog, onde após cada pesquisa realizada, e concluído o tema proposto, são postadas no blog da turma.

O projeto foi enviado para uma comissão de avaliação composta por sete educadores da UFPE, onde após análise criteriosa selecionaram o trabalho desenvolvido para ser apresentado no Seminário.

No dia da apresentação de seu trabalho, 17 de novembro, às 9h, a professora relata que foi uma experiência marcante, pois o auditório contava com várias pessoas, que além de estarem conhecendo um pouco sobre o projeto desenvolvido, também puderam conhecer o investimento que o Governo Municipal de Candiota esta fazendo para a melhoria na qualidade da educação em nosso município. Também foi apresentado um vídeo sobre as potencialidades de Candiota.

O evento, que contou com a participação de educadores pernambucanos e de outros estados do país e aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, entre os dias 16 e 18 de novembro.

Quem quiser mais detalhes sobre o projeto “As Influências da Tecnologia na Aprendizagem” desenvolvido pela professora Lia Beck, basta acessar www.turma30neli.blogspot.com e www.liabeatrizbeck.blogspot.com

domingo, 20 de novembro de 2011

Breve histórico da nossa Candiota - Ano 1801

Primordialmente o território do Município de Candiota fazia parte da Vacaria do Mar. Nele passava as três primeiras Fronteiras do R.G. do Sul: dos anos de 1750, 1777 e 1801. Seu território foi conquistado pelos portugueses na Guerra de 1801, quando atacaram e evacuaram a Guarda Espanhola de Santa Rosa, localizada nas nascentes do Arroio do Tigre (hoje Pacoá). 

Dai em diante foi distribuídas estas terras aos portugueses que viriam a ser os primeiros da terra, que entre outros são os que seguem: Anna Ludovina da Cunha, Anna Marques de Souza, Antônio da Costa Pereira (Capitão), Antônio Pinto da Costa (Capitão), Antônio Soares de Paiva (Capitão), Carlos Antônio Pereira do Lago (Capitão), Domingos Lopes de Carvalho, Flavia Domitila, Francisco das Chagas, Francisco Lucas de Oliveira (Furriel), Izabel Ignácia do Espírito Santo, João Teixeira de Mello, João Teixeira de Oliveira (Cabo de Esquadra), Joaquim Silvério de Souza Prates (Capitão), José de Aguiar Peixoto, José de Vargas, José Lucas de Oliveira (Alferes), José Rodrigues Barbosa (Tenente), Luiz Joaquim da Silva, Manoel Lucas, Manoel Xavier de Paiva (Tenente), Margarida Soares de Souza, Maria Antonia da Encarnação, Mathias Teixeira Nunes, Thomas Ferreira da Silva e Zeferina Joaquina Barbosa.

Quanto ao nome dado ao Arroio Candiota, êste não deriva de Manoel Rodrigues da Silva (Candiota), ao contrario êste adotou o nome "Candiota". Quanto ter sido dado por uns gregos a caminho da Argentina por volta do século XVIII, é no mínimo duvidoso. Pois o nome de "Arroio Candiota" já existia antes do ano de 1800, como informa Antônio Pinto da Costa, na Medição de Campo no ano de 1802. Quando afirma que Margarida Soares de Souza se achava de posse de uns campos na "Costa do Candiota" a mais de sete anos.

Fonte de Consulta
NOGUEIRA, Nerci
- Nos Primórdios de Bagé.
ARQUIVO PÚBLICO DO RGS.
- Medição Nº475/1802 - Rio Grande

sábado, 19 de novembro de 2011

Mateada pelo Dia da Consciência Negra

Neste domingo, dia 20, a praça de Dario Lassance, em Candiota, será palco de diversas atividades em função da comemoração do Dia da Consciência Negra. O evento inicia a partir das 16h.

Denominado de “Mateada do Dia da Consciência Negra”, o ato teve sua programação definida na sexta-feira, dia 18, em encontro entre o secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Gil Deison Pereira, o representante dos Quilombolas, Roberto Ortiz, e de lideranças do Movimento Negro do município, Valtair Rodrigues e Ronaldo Montes.

Além da mateada, o evento prevê apresentações de capoeira, hip hop, além do grupo Quatro Irmãos. Também haverá pronunciamentos de lideranças negras do município.

As atividades serão encerradas com show de Kako Xavier e a Tamborada – artista que há 17 anos possui carreira baseada na cultura dos Tambores de Moçambique.

Bom humor: afinal hoje é sábado





A loira vai almoçar num restaurante e na saída o manobrista lhe diz:
- O Celta preto?
A Loira responde:
- Tá sim... e acho que vai chover!

Poderosa



sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Frases da Semana

“Não tô preocupada com a repercussão na imprensa! Vocês têm de entender de uma vez por todas que esse projeto é bom, importante para o país, e vai ser feito!”
Dilma Rousseff, presidenta da Brasil sobre a usina hidroelétrica de Belo Monte, no Pará.


“Dilma ficou particularmente entusiasmada com o fato de parte do carvão produzido na África ser exportado para o Brasil”
Murilo Ferreira, presidente da Vale, quando da visita da presidente Dilma a África, no mês passado.


“É muito difícil esse processo de memorização, principalmente quando a gente não tem intimidade com as pessoas”
Carlos Lupi, Em depoimento no senado tentando justificar porque declarou na Cãmara dos Deputados que não conhecia Meira e nunca viajado no King Air.


“Lupi é um escroque, frio e calculista, cínico. Fica se escondendo na barra da saia da Dilma ao tentar misturar as denúncias contra ele com o governo.”  
Kátia Abreu, senadora do PSD-TO, sobre o depoimento do ministro Carlos Lupi no senado.


“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons.”
Martin Luther King, pensador, pastor protestante e ativista político estadunidense.

Definidas as chaves de disputa da 1ª Copa Rural

No último domingo, dia 13, um encontro entre o secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Gil Deison Pereira, e representantes das equipes de futebol do interior de Candiota, definiu novos detalhes a respeito da 1ª Copa Rural – que deve iniciar em breve no município. O encontro foi realizado junto à sede do assentamento Paraíso.

Como relata o secretário, na oportunidade, foram estabelecidas as chaves de divisão das equipes para a disputa dos jogos. “A data de início da competição, bem como o calendário de jogos, serão apresentadas no próximo sábado (dia 19), quando acontece nova reunião com o grupo”, relatou. O encontro está agendado para às 14h.

A 1ª Copa Rural vai reunir um total de 29 equipes entre as modalidades disputadas (Masculino Livre, Feminino Livre, e Masculino Juvenil). Para o assessor da Secretaria, Anderson Teixeira (Gariba), “a competição deve proporcionar mais integração à comunidade rural, através da prática esportiva”.

CONFIRA AS CHAVES: 

Categoria Masculino Livre 
Chave A
20 de Agosto 
22 de Dezembro 
Atlético da Santa Fé 
8 de Agosto 
Cruzeiro da Madrugada 
Juventus da Santa Fé 
Santa Lucia 

Chave B
Radio 96.1
Juventus das 06 das Acácias 
Paraíso 
Real Madrid
Conquista do Cerro 
Palmeiras 

Categoria Feminino Livre 
Chave A
22 de Dezembro 
Radio 96.1
8 de Agosto 
Vitoria da Madrugada 
Força Jovem 

Chave B
Santa Lucia 
Paraíso 
Herdeiros de Pelé 
Candiotense 

Categoria Masculino Juvenil 
22 de Dezembro 
20 de Agosto 
Sentinela da Madrugada 
Paraíso 
Tricolor da Santa Fé 
Santa Lucia 
Radio 96.1

Solidariedade a Lula

Lula, queira ou não, é uma figura pública e tudo que ocorre com ele será público, até por que no mínimo 80% dos brasileiros querem saber à quantas ele anda. Na sua grande maioria para se solidarizar com ele.

Desde tempos de sindicalista, na década de 1970, até então, o ex-presidente Lula jamais se desfez de sua barba e cabelos.

Nesta quarta-feira, para antecipar à fatal queda de ambos, causada pela quimioterapia, sua esposa Marisa Letícia fez o serviço.

Vida longa ao ex-presidente, e que breve ele possa recuperar a sua marca registrada na mente de milhões de brasileiros.

Candiota terá festival de músicas inéditas

Já reconhecida pela realização do Canto Moleque da Canção Nativa – berço para jovens artistas nativistas –, a cidade de Candiota já prepara, para 2012, um novo festival de música. Trata-se do Candiota em Canto.

A primeira edição do novo festival, com realização prevista para o período de 16 a 18 de março do ano que vem, será composto apenas por músicas inéditas em duas linhas de apresentação: livre (aberto para todos os estilos musicais) e manifestação riograndense (de caráter nativista). A promoção é da Prefeitura de Candiota.

A proposta é reunir 12 músicas classificadas em uma fase geral e outras oito na fase local. Metade das canções reunidas em cada etapa serão selecionadas por linha de apresentação do concurso.

Conforme o secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Gil Deison Pereira, o regulamento referente ao evento deve ser divulgado no início de janeiro de 2012 – mesmo período em que devem abrir as respectivas inscrições. Por sua vez, o processo de seleção das músicas deve ocorrer na segunda quinzena de fevereiro. “Temos um objetivo de tornarmos Candiota referência musical na região. Para isto, estamos investindo cada vez mais com este intuito. Este festival deve agregar neste processo”, comentou.

Sobre a questão das músicas inéditas, o secretário explica que o município, além de possuir vários intérpretes, conta com o surgimento de vários compositores. “Esta será uma oportunidade para todos apresentarem o seu trabalho”, ressaltou.

O 1ª Candiota em Canto deverá premiar os dois melhores em cada uma das categorias. Além disto, também devem ocorrer premiações paralelas, com destaque para a melhor música tema sobre a cidade e a canção de mais popular.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Lupi vai cair?

O presidente em exercício do PDT, André Figueiredo, disse nesta quarta-feira que, como amigo, defende que Carlos Lupi deixe o cargo de ministro do Trabalho.

— Eu como amigo de Lupi preferia que ele saísse, mas isso é uma decisão que o PDT vai tomar de forma institucional — disse Figueiredo.

A posição do PDT será tomada nesta quinta-feira em reunião da executiva com parlamentares. No entanto, ainda não está definido se a reunião será antes ou depois da audiência de Lupi no Senado.

Figueiredo acredita que se Lupi deixar o cargo poderá se defender melhor das acusações. A ideia de alguns parlamentares é buscar uma saída honrosa para Lupi. O ministro confidenciou para alguns parlamentares que não quer sair como corrupto.

O presidente do PDT reiterou que ainda não se sabe quem pagou o jatinho. Segundo ele não foi o PDT nacional. Mais cedo, o presidente do PDT no Maranhão, Igor Lago, já havia afirmado que o partido no Estado também não pagou o jatinho. O PDT espera que Lupi explique amanhã de onde saiu a verba.

Entenda o caso

Segundo denúncia divulgada pela revista Veja, o ministro do Trabalho usou um jatinho de Adair Meira, diretor de organizações não governamentais que têm contrato com a pasta. O ministro disse que as viagens de jatinho que fez foram pagas pelo diretório no estado. Lago explicou que a confusão pode ter sido feita porque havia na agenda de Lupi no estado, naquela data, eventos ligados ao partido.

Na semana passada, em audiência pública na Câmara dos Deputados, Lupi negou conhecer Adair Meira e ter viajado em uma de suas aeronaves. Ja hoje Meira diz conhecer sim Lupi e teria viajado com o ministro que aparece em fotos descendo da aeronave.

Os guris eventos

Cristovam pede impeachment para governador que não paga o piso

Autor do projeto que criou a lei do piso nacional do magistério, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) radicalizou hoje em entrevista ao Gaúcha Atualidade que seja solicitado o pedido de impechment do governador que não cumprir a legislação. Levantamento publicado hoje pela Folha de S. Paulo aponta que 17 dos 27 estados brasileiros estão pagando menos que R$ 1.187 para contratos com 40 horas. Professores gaúchos devem aprovar na sexta-feira uma paralisação pelo cumprimento da lei do piso no Rio Grande do Sul.


"A primeira coisa a fazer seria pedir o impeachment do prefeito ou do governador que não cumpre a lei; só depois eu discutiria greve", defende o senador que foi ministro da Educação no início da gestão do ex-presidente Lula. "Quem não cumpre a lei não deveria estar no cargo", complementa. Buarque sugere aos governantes que não conseguem atender a legislação que procurem o Palácio do Planalto para dizer que não conseguem cumprir a legislação e entreguem as escolas ao Governo Federal.


Questionado se o pedido de impeachment deveria atingir também o governador Tarso Genro, que foi ministro da Educação e defendeu o piso, Buarque manteve a posição. "Eu defendo que se peça. É tão óbvio. Governador que não cumpre a lei não pode continuar no cargo. É ilegal. É clandestino", conclui. Cristovam Buarque fez críticas também ao atual ministro Fernando Haddad e defendeu que ele deixe a pasta para dedicar-se à sua candidatura à Prefeitura de São Paulo.


Fonte: Blog Esquina Democratica

Municipal de Futebol de Campo

No último domingo, dia 13, sete partidas movimentaram a terceira rodada da competição. Na Vila Residencial, jogaram Santa Rosa e Atlético. Com o mando de campo, o Santa Rosa venceu por 3 a 0 nos suplentes, mas acabou derrotado nos veteranos (0 x 3) e nos titulares (4 x 5).

Já na Vila Operária, AMVO e Candiota disputaram quatro partidas. Empates em veteranos (1 x 1), juvenis (2 x 2) e nos titulares (0 x 0). O Candiota venceu nos suplentes por 6 a 2.

No próximo domingo Atlético e AEJE se enfrentam no campo do Grêmio Candiota, na Vila Residencial. Por sua vez, o Santa Rosa encara o Candiota, no campo da Vila Operária. Os confrontos acontecem na parte da manhã (veteranos) e à tarde (demais categorias).

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Governador Tarso em Hulha Negra

Prestar assessoria técnica, social e ambiental às famílias assentadas do RS, garantindo a produção de subsistência e a melhoria da qualidade de vida nos assentamentos, é o principal objetivo da Emater/RS-Ascar no Programa de Qualificação da Infraestrutura Básica e Produtiva dos Assentamentos, que será lançado nesta quarta-feira (16/11), em Hulha Negra, pelo governador Tarso Genro. O secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Ivar Pavan, e o presidente da Emater/RS e superintendente Geral da Ascar, Lino De David, participam da solenidade, que acontece às 15h, no Assentamento Conquista da Fronteira.

A ênfase das ações do Estado nos assentamentos será na produção agroecológica, produção para o autoconsumo, agregação de valor no excedente da produção e, principalmente, na melhoria da qualidade de vida das 3.500 famílias de agricultores que participam dos projetos de assentamentos do RS vinculados às cooperativas da reforma agrária. Nesse sentido, o Governo do Estado, através da SDR, cria o Programa de Qualificação dos Assentamentos, com subsídios de R$ 6.000.000,00, divididos em R$ 4.000.000,00 via Funterra, para ações de infraestrutura produtiva, e R$ 2.000.000,00 para infraestrutura básica, via convênio com prefeituras e entidades afins.

No RS, a Reforma Agrária abrange 96 municípios, com 13.306 famílias assentadas em 283.852,14 hectares. Atualmente existem 325 assentamentos entre projetos da União e Estado. Deste total, 157 projetos organizados em 175.401,20 hectares, totalizando 7.874 famílias, são Assentamentos Federais e 136 projetos, organizados em 83.865,55 hectares, com 4.372 famílias, são Assentamentos Estaduais. Também existem 32 projetos de assentamentos compartilhados entre Federação e Estado, com área total de 24.585,38 hectares, com 1.149 famílias. Atualmente há uma concentração de assentamentos implantados na Metade Sul do Estado, devido aos vazios urbanos existentes e à disponibilidade de área na região.

Cabe à Emater/RS-Ascar a prestação de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates) às famílias assentadas, pertencentes aos nove Núcleos Operacionais, conforme contratos aditivados entre a Instituição e o Incra em janeiro de 2011, e que deverão ser novamente aditivados em janeiro de 2012, enfatizando o desenvolvimento rural sustentável. A Emater/RS-Ascar também prestará Assistência Técnica e Extensão Rural a famílias assentadas pelo Programa de Reforma Agrária, não integrantes do Programa de Ates, e cujos lotes encontram-se titulados/emancipados pelo Incra e Governo do Estado.

Foto crédito: Felipe Rosa, Emater/RS-Ascar

Movimento Pró-carvão esfria

O prazo pedido pela Presidente Dilma para encaminhar uma solução para o carvão Mineral esgotou-se ontem, dia 15 e o movimento esfria.

No dia 31 de outubro o Grupo de Trabalho, sugerido pela Presidente Dilma, realizou reunião preparatória no Palacinho, sede da Vice Governadoria do Estado, onde debateu e preparou proposta para incluir no documento que será apresentado ao Governo Federal por ocasião da audiência que ficou acertada com o Movimento Eu Apoio o Carvão Mineral no dia do bloqueio da Ponte do Guaíba.

Grupo de Trabalho é composto pelo Prefeito Luis Carlos Folador, o Vereador João Couto, o Presidente do Sindicato dos Mineiros de Candiota, Wagner Lopes Pinto, o Presidente do Sindicato dos Mineiros do Rio Grande do Sul Oniro Camilo, a Assessora do Vice Governador Irani Martins, o Prefeito de Minas do Leão Miguel Almeida, o vereador de Butiá Dedé Tintas e o Diretor da Copelmi Cesar Farias elaborou uma proposta para ser entregue a presidente com os seguinte ítens:

  • Incluir as termoelétricas a carvão mineral no leilão de dezembro de 2011:
  • Manter a existência da Conta de Desenvolvimento Energético, pois há proposta de sua extinção
  • Criar-se uma políitica para o Carvão Mineral
Após a reunião do Grupo de Trabalho realizou-se reunião com o Governo do Estado da qual participaram o Coordenador da Assessoria Superior do Governo do Estado o Ex-Deputado Flávio Koutzii, o Vice-Governador Beto Gril e a Secretária Adjunta da Casa Civil Mari Perusso.

Foram designados para expor a proposta ao Governo do Estado o Prefeito de Candiota Luis Carlos Folador, o Presidente do Sindicato dos Minerios do Rio Grande do Sul Oniro Camilo e o representante dos empresários Cesar Farias. Ficou entendido que a Casa Civil preparará o documento com essa proposta e marcará a audiência com a Presidente Dilma Rousseff momento em que ela será entregue e debatida com o Governo Federal, mas até o momento nada.

O Jornal do Comércio do dia 14 traz uma grande matéria sobre o tema. Para ler clique

Ainda hoje acontece no Sindicato dos Mineiros de Candiota as 14 horas audiência Pública onde será apresentada a inovação tecnológica denominada BIOFIXAÇÃO DE GÁS CARBÔNICO POR MICROALGAS, coordenada pelo Prof. Jorge Alberto Vieira Costa, da Fundação Universidade do Rio Grande – FURG, onde funciona em escala de laboratório.

Este projeto já esteve instalado junto à planta da Usina Presidente Médici, da CGTEE, em Candiota, e será instalado novamente, aprimorado, cujo convênio está prestes a ser assinado e pode ser decisivo para o fim da resistência mundial ao carvão. Clique aqui e saiba mais.

Projeto viabilizará construção de açudes em assentamentos de Candiota


Na manhã desta segunda-feira (14/11), o prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, e o secretário de Agropecuária de Candiota, Fabiano Oswald, protocolaram, no escritório regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, 38 projetos para a construção de açudes em diversos assentamentos da Reforma Agrária localizados no interior do município. O material vai ser encaminhado, agora, para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), que irá desenvolver o trabalho dentro do programa do governo estadual Irrigando a Agricultura Familiar.

A construção dos açudes beneficiará, em geral, produtores de leite de Candiota. Criadores de gado de corte e produtores de sementes de hortaliças dos assentamentos do município, em menor número, também serão contemplados.

Para Folador, o projeto será importante para estimular o desenvolvimento rural e o aumento da produção de alimentos em Candiota. “Gostaríamos de agradecer à Emater, que oferece um suporte fundamental ao pequeno produtor. Este é um trabalho de várias mãos que no final tem resultado para o produtor”, destacou, ao lembrar que através de diversos programas executados em Candiota já foi possível dobrar a produção leiteira do município.

Através do Programa Irrigando a Agricultura Familiar, 80% dos valores da obra serão custeados pelo governo estadual. O restante, 20%, será pago pela Prefeitura de Candiota. Se o custo ultrapassar os R$ 8 mil, os recursos complementares para construção do açude deverão ser investidos pelo produtor rural.

De acordo com o técnico da Emater/RS-Ascar, Carlos Humberto Oliveira Alves, será feito um esforço conjunto para tentar empenhar os recursos para as obras ainda neste ano.

Participaram da reunião para entrega dos projetos, também, o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Erich Groeger, o coordenador da SDR em Bagé, Valdinei Mattos, e o diretor estadual do Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul (Senergisul), Darlan Oliveira.

Os projetos foram elaborados pela Cooperativa de Prestação de Serviços Técnicos (Coptec), que teve seus profissionais capacitados pela Emater/RS-Ascar para desenvolver este trabalho.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A quem possa interessar


Não sou candidato a nada, a exemplo da eleição passada, portanto ataques a mim não irão gerar dividendos políticos. Sou apenas um advogado apaixonado por esta cidade que acredita que a verdade tem que vir a tona, e que os fatos têm que ser expostos a luz do dia para que a população faça o julgamento político de cada um no grande tribunal de 2012.

Exponho aqui somente a “minha” verdade e deixo que cada um gere a conclusão que por bem entenda, portanto eventuais ataques a minha imagem, ou aos meus parentes e amigos demonstra somente que estou certo.

Não posso deixar de agradecer a cada um de vocês quando me trata como player de primeira grandeza neste jogo ao qual estamos expostos, bem como por todo o reconhecimento e propaganda da capacidade interativa desse Blog.

Concluo dizendo que perdem tempo àqueles que se preocupam comigo e esquecem que não sou eu que “A” ou “B” irão enfrentar em 2012. Assim, estão gastando o seu arsenal na direção errada.

Em carta, MST manifesta solidariedade aos estudantes da USP

Da Página do MST 11 de novembro de 2011

A terra, assim como a educação, são latifúndios que historicamente sempre estiveram nas mãos da elite brasileira, fazendo com que servissem somente aos seus interesses. Mas ao mesmo tempo, a classe trabalhadora se organizou para lutar contra esses latifúndios. O MST e o Movimento Estudantil são provas dessa organização da classe trabalhadora.

O que se viu na ação da Polícia Militar do último dia 8/11 foi mais uma demonstração da truculência e arbitrariedade com que o governo do estado de São Paulo tem tratado os movimentos sociais nos últimos anos, com a clara intenção de reprimir e criminalizar as lutas e os lutadores sociais que sonham em construir um mundo mais justo.

Porém, essa não é uma ação isolada. Faz parte da estratégia que o capital tem para com o nosso continente: transformar todos os bens em mercadoria. A educação e a terra, para eles, são somente mais uma dessas mercadorias. Da mesma forma acontece em outros países, como por exemplo no Chile e na Colômbia, onde leis de reforma da educação propostas pelos governos tem o claro objetivo de transformar a educação em mercadoria.

Mesmo com os avanços desses processos de privatização da educação, os estudantes seguem se organizando e se mobilizando, como demonstram os estudantes chilenos que estão em luta desde o inicio desse ano e os estudantes colombianos, que há cinco semanas estão em greve e hoje fazem uma grande marcha em defesa da educação pública. Para os estudantes chilenos e colombianos, todo nosso apoio e solidariedade.

É nosso dever e nossa tarefa defender uma educação pública, gratuita e de qualidade para o campo e à cidade. Não podemos permitir mais que fechem escolas no meio rural como vem acontecendo nos últimos 10 anos, onde mais de 37.776 escolas do campo foram fechadas. Temos que defender a autonomia e a democracia dentro das universidades e escolas, com eleição direta para reitores e diretores.
Lutaremos por mais verbas para a educação, tendo na bandeira dos 10% do PIB para educação o nosso instrumento de luta para melhores salários aos professores, aumentar a verba para assistência estudantil, expandir o ensino público com contratação de professores e técnicos administrativos e a melhoria da infraestrutura das escolas e universidades no campo e na cidade.

Repudiamos a ação truculenta e antidemocrática da polícia de São Paulo sob o comando do governador Geraldo Alkmin e do Reitor João Grandinho Rodas. Basta de repressão e criminalização das lutas sociais!

Por esse compromisso histórico do MST com a Educação Brasileira, viemos por meio desta carta demonstrar toda a nossa solidariedade e apoio aos estudantes da Universidade de São Paulo, que lutam por autonomia e democracia nos rumos dessa importante universidade do nosso país para que ela represente de fato os anseios do povo brasileiro.

3° Bingo Beneficente de Judô Candiotense


O departamento de Judô do Clube Social e Recreativo Candiota organiza o 3° Bingo Beneficente de Judô. A terceira edição do evento, tem como finalidade arrecadar fundos para custear o transporte dos atletas à cidade de Bento Gonçalves onde acontece no próximo dia 19 o Campeonato Estadual de Novos 2011 em que os atletas do Clube iram representar pela segunda vez nosso Município.Em 2010 a competição foi realizada em Caxias do Sul e o grupo de judocas trouxe para Candiota sete medalhas(1 ouro,1 prata e 5 de bronze).”Nesse ano, com um grupo mais experiente e alguns atletas já se despedindo da condição de atletas novos, a expectativa é de trazer grandes resultados para Candiota”.Comenta Jonas Tavares. 

É com base nessa expectativa que o grupo se mobiliza e conta com o apoio da comunidade candiotense para prestigiar o Bingo que nessa edição terá uma atração diferenciada.Em uma parceria com a proprietária da Loja Silvia Confecções haverá um lindo Desfile de Moda incrementando o evento que a cada edição é sucesso de público.

O Bingo ocorre na quarta-feira dia 16/11 às 19hs no salão principal do Clube Social e Recreativo Candiota na Vila Residencial, a premiação será de doces e salgados alternada com premiações diferenciadas além do tradicional prêmio surpresa.

Cartelas antecipadas podem ser adquiridas na Silvia Confecções(rua Dario Lassance) e junto aos atletas do Clube nos valores de uma por R$3,00 e duas por R$5,00. Haverá venda de cartelas no dia do evento.

domingo, 13 de novembro de 2011

Breve histórico da nossa Candiota - Ano 1886

Em 10 de julho de 1886, através do decreto nº 9.614, Antonio da Silva Prado, Conselheiro imperial, Ministro e Secretario de Estado dos Negócios da Agricultura, Comercio e Obras Publicas, atendendo ao requerimento de D. Elmira Reverbel de Lima, viúva do Brigadeiro Manoel Lucas de Lima, concedeu permissão para explorar carvão de pedra e outros minerais em terrenos de sua propriedade situados as margens do arroio Candiota, no município de Bagé, Província do Rio Grande do Sul,
Ainda do mesmo Decreto se extrai:

“Os trabalhos de pesquizas e explorações, para descobrimento de minas, poderão ser feitos por qualquer dos modos recommendados pela sciencia.”

“A concessionaria fica obrigada a indemnizar os damnos e prejuizos que de seus trabalhos de exploração possam provir ás propriedades adjacentes e a restabelecer, á sua custa, o curso natural das aguas, que desviar por causa dos mesmos trabalhos, e a dar conveniente direcção as que brotarem das cavas, poços ou galerias que fizer quando destes serviços resultar damno aos mesmos proprietarios de terrenos adjacentes”.
Fonte: Coleção de Leis do Império do Brasil - 1886 , Página 383 Vol. 1

sábado, 12 de novembro de 2011

Bom humor: afinal hoje é sábado

Municipal de Futebol de Campo

Neste domingo, dia 13, acontece a disputa da terceira rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo de Candiota. Os jogos acontecem nos turnos da manhã (veteranos) e da tarde (demais categorias).

Na data, o Santa Rosa encara o Atlético, em jogo agendado para o campo do Grêmio Candiota, na Vila Residencial. Por sua vez, a AMVO recebe o Candiota na Vila Operária.

Ministério do Planejamento confirma doação de área da União para Candiota


Nesta semana, a ministra de Planejamento, Miriam Belchior, assinou a portaria que efetiva a doação de uma área de 45.697,90 metros quadrados – pertencente à União – para a implantação de um projeto de construção de 200 casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida no município de Candiota.

A área em questão – localizada em frente ao Centro Administrativo –, conforme explica o coordenador de Regularização Fundiária de Candiota, Adriano dos Santos, foi objeto de desapropriação em favor do Departamento Nacional de Estradas de Ferro, no ano de 1956. 

O empreendimento previsto para a área doada ao município será viabilizado através do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), uma das fontes de financiamento do Minha Casa, Minha Vida. A obra está orçada em R$ 9 milhões e já teve o edital de licitação da empresa responsável pela execução publicado. A doação do terreno era o último passo para a confirmação definitiva do início dos trabalhos.

As futuras moradias terão dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Os imóveis destinam-se a famílias com renda até três salários mínimos, que deverão comprometer no máximo 10% da renda familiar para o pagamento das prestações, com prazo de até 10 anos. A prestação mínima é de R$ 50,00 e, após o pagamento, o morador assume a propriedade do imóvel.

O prefeito de Candiota lembra que o FAR é destinado para famílias com renda mensal de até três salários mínimos e abrange todas as capitais estaduais, o Distrito Federal e as regiões metropolitanas definidas para atuação, além dos municípios com população urbana acima de 100 mil habitantes. “Para ser contemplado nesta modalidade (a população atual é de aproximadamente 10 mil habitantes), encaminhamos um dossiê à Caixa Econômica Federal ressaltando o caráter diferenciado do município, de baixo índice populacional, mas com presença de grandes indústrias, como a Usina Termelétrica Presidente Médici”, relatou ao salientar que “após análise, a solicitação foi aprovada de forma excepcional”. A aprovação foi anunciada no mês de maio deste ano. “Esta foi uma conquista muito significante para o nosso município”, comentou o prefeito.